Sobre nós

Primeiro vou explicar “quem sou” : meu nome é Joyce Figueiró, ou Joyce Braga, sobrenome que roubei do meu, agora, marido. Sou fundadora da Bem no Tom: Cerimonial & Música.

Comecei com esse trabalho por causa da paixão que tenho pela história das pessoas, pelo que elas me contam, pelo que vejo, pelo que acredito: o amor. Sou uma contadora de histórias e apaixonada por coisas românticas desde que me entendo por gente. Sempre fui a organizadora de eventos de todos os lugares que estive, desde os primeiros anos na escola. E, como boa perfeccionista que sou, sempre dei – e continuo dando – o meu melhor para que tudo aconteça de forma perfeita – ou o mais próximo disso.

Sou blogueira, cronista, autora do livro “Café, cálculos e crônicas”, bacharel e mestre em Matemática Aplicada, leitora quase compulsiva, criativa, sonhadora (daquelas que sonham dormindo e acordada, sabe como é?) esposa apaixonada e romântica assumida.

Para mim, a Bem no Tom é mais do que um negócio, é uma realização pessoal. É a maneira que encontrei de juntar o meu amor pelas pessoas, pelo romance e pela organização de evento, tudo em uma coisa. Sempre digo que, a cada casamento que organizo, tenho o sentimento de estar me casando de novo. E, assim como eu tenho saudades do meu grande dia, também sinto saudades de cada noivinha, noivinho e pais que conheço.

Rodrigo é um nome que vocês vão ouvir muito quando entrarem em contato comigo. Não é pra menos. É o homem que roubou meu coração e que me ajudou a fazer com que essa empresa se tornasse real.

Rodrigo é violinista da Orquestra Filarmônica de Minas Gerais. Um garoto prodígio de Taubaté, SP, que tem um amor imenso pela música clássica – vocês precisam ver os sorrisos que ele solta quando está fazendo arranjos novos para as músicas dos casamentos que fazemos. É por causa dele que vem a segunda a parte da Bem no Tom: a música.

O Rodrigo é meu, mas eu não me importo de compartilhar um pouquinho dele com vocês. Assim como quero ser transparente e quero que me conheçam a fundo, também quero que conheçam meu marido, afinal somos uma só carne. E, se o assunto for música, uma hora ou outra vocês vão ter que encontrá-lo. Para introduzir o Rodrigo a vocês, vou compartilhar um trechinho do currículo dele.

“Rodrigo iniciou seus estudos musicais com os professores Jefferson Denis Pinheiro e Elisa Fukuda. Em 2005, recebeu o segundo lugar no Concurso Nacional de Cordas Paulo Bosísio e, no ano seguinte, venceu o Prêmio Eleazar de Carvalho. Ainda em 2006, foi vencedor do programa Prelúdio da TV Cultura, o que lhe rendeu uma bolsa de estudos na Alemanha.

Diplomou-se pelo Conservatório de Paris na classe de Sussanne Gesnner e pela École Normale de Musique de Paris na classe de Devy Erlih, com quem integrou grupos de música contemporânea durante sua passagem pela instituição. Frequentou aulas de música de câmara com o Quarteto Ysäie e participou de masterclasses com Patrice Fantannarosa, Stephan Picard, Roland Dauguareil, Luc-Hery e Maxim Vengerov.

Como spalla, atuou frente a grupos como Camerata Fukuda, Camerata Zajedenbaum, Promété, Ostinato e Académie Nice Festival Orchestra. Foi nomeado concertino da Orquestra do Conservatório de Paris na temporada 2008/2009. Como solista, apresentou-se com as orquestras da Ópera de Massye, de Câmara Bachiana e a Sinfônica Municipal de São Paulo. Antes de se juntar à Filarmônica, Rodrigo integrou a Orquestra do Theatro Municipal de São Paulo de 2009 a 2013.”

Além de nós dois, temos uma equipe de pessoas incríveis e competentes para auxiliar os casais, pais, amigos, padrinhos, crianças e fornecedores. Na nossa equipe temos de tudo um pouco – florista, costureira, cozinheira, administradores, motoristas, etc – mas o mais importante, todo mundo apaixonado pelo que faz.